Nesta sexta-feira (1º) será iniciada a terceira etapa da pesquisa de investigação sorológica realizada pela Prefeitura de Teresina, em parceria com o Instituto Opinar, para conhecer a situação da pandemia do Novo Coronavírus na capital. Nesta etapa, serão realizados testes para COVID-19 com 900 pessoas.  Um total de 1.800 pessoas já foram testadas nas duas etapas já concluídas.

Durante a sondagem, serão realizadas visitas residenciais com 15 equipes composta por pesquisadores, que aplicam os questionários, e técnicos da Fundação Municipal de Saúde (FMS), que fazem os testes rápidos para COVID-19. A amostragem das pesquisas é aleatória por estratos de sexo e idade, conforme dados populacionais atualizados das Unidades Básicas de Saúde (UBS) da zona urbana.

De acordo com a última fase da pesquisas, mais de 7.690 pessoas estão infectadas pelo Novo Coronavírus em Teresina. Os dados indicaram que, para cada uma pessoa infectada na cidade, existem outras 62 não notificadas.

A pesquisa leva em consideração uma população estimada em 864.845 habitantes em Teresina.  Os números da pesquisa são baseados pelos índices positivos dos testes para COVID-19, e são levadas em consideração comorbidades ou doenças prévias, além do quadro atual de saúde do entrevistado. Também são apresentadas as características demográficas coletadas (sexo, idade, nível de instrução, renda e situação de trabalho).

As duas últimas pesquisas foram realizadas entre os dias 16 e 19 de abril, a primeira etapa, e a segunda entre os dias 24 a 26.  Uma quarta etapa já está contratada e deve ser realizada com intervalo de sete dias após a sondagem que será iniciada amanhã.