A última quarta-feira (29) registrou índice de isolamento social de 55%, bem abaixo do percentual mínimo recomendado para diminuir a disseminação do novo coronavírus na capital, que é de 73%, de acordo com especialistas. Mesmo com as medidas restritivas adotadas pela Prefeitura sob recomendações de autoridades da saúde, a população continua saindo de casa.

Os índices de isolamento são observados diariamente através de um sistema de georreferenciamento de uma startup, que monitora a localização de 217 mil celulares na cidade. A empresa também utiliza ferramentas de marketing para enviar alertas para aparelhos das pessoas que moram nas regiões que mais vêm descumprindo o isolamento social.

Os maiores índices de isolamento costumam ser registrados aos domingos e feriados. No último mês, o maior percentual de isolamento social foi observado na Sexta-Feira Santa, quando 66% dos teresinenses ficaram em casa. O percentual aos domingos costuma ficar entre 62% e 64%.

A Prefeitura de Teresina, há cerca de um mês, vem implantando medidas que facilitam e incentivam a permanência das pessoas em casa, como o fechamento do comércio, suspensão das aulas e de eventos com aglomerações e alterações no transporte público, além de uma série de outras medidas.

“Entendemos que o isolamento social é a arma mais eficaz para combater o avanço do novo coronavírus, que já circula de forma comunitária em Teresina, chegando a todas as regiões da cidade, ao mesmo tempo em que os índices de isolamento social estão caindo, e isso é muito preocupante. Por isso precisamos reforçar as medidas para fazer a população ficar em casa”, pontua o prefeito.