A Fundação Municipal de Saúde (FMS) montou uma força tarefa para garantir o atendimento em saúde mental da população durante a pandemia do Coronavírus. Nesse período, estão sendo disponibilizadas três alternativas para quem precisa de ajuda: psicólogos pelo telefone 0800 291 0084,  assistência nos sete Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) para pessoas com transtornos mentais graves e, ainda, o Provida, específico para atender quem tenta suicídio.

Os sete CAPs funcionam em dias úteis, das 8h às 11h e das 14h às 17h, e estão voltados para atendimento de pessoas em situação de crise psiquiátrica. Esses locais realizam a triagem e o acolhimento de pacientes que buscam espontaneamente o serviço. A entrega de medicação também está funcionando, mas as atividades coletivas foram temporariamente suspensas para evitar aglomerações.

Em Teresina, há ainda o Provida, ambulatório que conta com psicólogos e psiquiatras para atender pacientes que tentaram suicídio e que funciona dentro do Centro de Saúde Lineu Araújo. Já as consultas com psicólogos e psiquiatras em ambulatórios foram temporariamente suspensas, por determinação do Ministério da Saúde.

Em caso de urgências psiquiátricas, como surto psicótico e tentativa de suicídio, é possível chamar uma ambulância do SAMU, por meio do número gratuito 192, ou ir diretamente ao Hospital Areolino de Abreu, que é referência para esse tipo de atendimento e conta com médicos psiquiatras.

A rotina das pessoas foi alterada e novos hábitos foram adotados durante o período de quarentena. “O isolamento social é necessário para salvar vidas, mas pode gerar ou mesmo agravar doenças psíquicas. Por isso, é preciso que as pessoas cuidem da sua saúde física e mental”, afirma a gerente de Saúde Mental da FMS, Isabel Karine.

“O ser humano não se constitui só de corpo, tem uma mente, que precisa ser cuidada, principalmente em tempo de quarentena. O sistema imunológico está intrinsecamente ligado à questão emocional. Se não cuidarmos bem da mente, essa pandemia pode ser muito mais perigosa e problemática para os piauienses”, alerta o psicólogo do CAPS II Leste, Cornélio Santiago

Dicas para manter a saúde mental no período da pandemia:

-Preste atenção aos seus sentimentos;

-Fique em contato com a sua rede de amigos por meio de telefone ou redes sociais;

-Mantenha rotina com atividades saudáveis;

-Busque informações sobre a pandemia em fontes confiáveis;

-Se possível, faça atividades que envolvam meditação;

–Se precisar falar com psicólogo, ligue para o 0800 291 0084, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h;

-Se houver necessidade, dirija-se à rede de saúde mental disponível em Teresina.

 

 

Confira endereços dos 7 CAPS de Teresina:

-CAPS Álcool e Drogas

ENDEREÇO: R/ Quintino Bocaiúva, nº 2978 Bairro – Macaúba

TELEFONE: 3215-7762

 

-CAPS LESTE

ENDEREÇO: Rua Visconde da Parnaíba, 2435 – Horto Florestal

TELEFONE: 3216-3967

 

-CAPS III

ENDEREÇO: Rua Costa Rica nº 466, Bairro Três Andares próximo ao Beto Som

TELEFONE: 3221-6422/3221-0092

 

-CAPS SUDESTE

ENDEREÇO: R/Poncion Caldas, Bairro Colorado Loteamento Parque do Sol Renascença. Ao lado da U.B.S Redonda

TELEFONE: 3236-8747/3234-2506E

 

-CAPS NORTE

ENDEREÇO: Rua Presidente Lincoln  nº 4727,  Bairro –São Joaquim

TELEFONE: 3213-2080

 

-CAPS II SUL

ENDEREÇO: Av. Barão de Gurguéia  2913, PIO XII

TELEFONE: 3218-4865

 

-CAPS INFANTIL

ENDEREÇO: Rua Coronel César 1566 Morada do Sol

TELEFONE: 3223- 9661