Ascom/FMS

Os novos hospitais de campanha Padre Pedro Balzi e Fraternidade, que estão sendo construídos pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) para o manejo de casos de Covid-19, receberam hoje (05) a visita de equipes do Ministério Público do Estado do Piauí e dos conselhos regionais de Medicina (CRM) e Enfermagem (Coren). O objetivo da visita foi conferir as estruturas dos locais, que estão quase prontas e entram em funcionamento em breve.

O hospital Padre Pedro Balzi irá funcionar no Centro de Treinamento de Badminton, no Setor de Esportes da Universidade Federal do Piauí (UFPI), e contará com 86 leitos, sendo cinco para estabilização e os demais para internação. Já o hospital Fraternidade funcionará no Lar da Fraternidade e contará com 30 leitos de internação e um de estabilização.

Como explica Jesus Mousinho, diretora de Atenção Especializada da FMS, durante as visitas, os representantes dos órgãos fizeram algumas ponderações, que serão analisadas pela FMS para que se faça as devidas adequações. “Ontem, nós recebemos também a visita do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e do Conselho Municipal de Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS). Entendemos a importância dos órgãos de fiscalização para que façamos um trabalho ainda melhor para toda a população de Teresina”, comentou a diretora.

Os hospitais de campanha são estruturas temporárias. As vagas serão reguladas, ou seja, os hospitais de campanha receberão pacientes encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e hospitais municipais, de acordo com a necessidade.