Os almoços e reuniões se transformaram em vídeo-chamadas e mensagens. Os presentes foram substituídos por soluções criativas. E o Dia das Mães, comemorado hoje (10), continuou a ser uma data de celebração do amor.
A pandemia do novo Coronavírus impôs um novo modo de relacionamento entre as pessoas, uma vez que a recomendação das autoridades de saúde é a população respeitar o distanciamento social nesse período.  “Nesse período, a maior demonstração de afeto às mães é o cuidado com a saúde delas. O recomendado é que se evitem beijos e abraços, mas temos à disposição a tecnologia para mantermos contato, a exemplo do WhatsApp e outros aplicativos, como Skype e Zoom”, ressalta o presidente da FMS, Manoel de Moura Neto.
Afastada da filha, a nutricionista do Hospital do Monte Castelo, Natália Chaves, relata que está sendo desafiador ser mãe e profissional: “O afastamento da minha filha é uma prova de amor. A saudade é imensa e tento matar a saudade por meio de telefonemas e troca de vídeos. O meu maior presente seria acordar, ver que tudo passou e poder abraçá-la sem risco de contaminação”.
O médico infectologista Kelsen Eulálio informa que a Prefeitura está cumprindo o plano de contingência para enfrentamento da doença, mas que é necessário que todos também façam sua parte: “Isso tudo vai passar, mas é importante que todos estejam conscientes de que o distanciamento social também é uma medida que contribui para evitar a sobrecarga do nosso serviço de saúde e mortes”, pontua.