Ascom/ FMS

Em mais uma ação preventiva contra a disseminação do novo Coronavírus, a Vigilância Sanitária de Teresina está fazendo um trabalho de orientação com permissionários dos mercados públicos da capital. Embora as praças de alimentação estejam fechadas, os restaurantes e lanchonetes estão trabalhando com serviço de delivery, o que requer alguns cuidados.

Como explica a gerente de Vigilância Sanitária da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Jeanyne Seba, os permissionários receberam orientações sobre a prevenção e os cuidados que deve ter para minimizar os riscos da covid-19. “Durante as visitas, nós damos orientações sobre o manuseio dos alimentos e os cuidados de higiene. Orientamos que todos os funcionários devem usar sempre máscara, manter o distanciamento de, no mínimo, um metro e meio e, caso sintam algum sintoma de síndrome gripal, devem se ausentar do trabalho e procurar o serviço de saúde”, conta a gerente.

Jeanyne Seba ressalta que a principal de medida é a lavagem de mãos com água e sabão, que deve ser constante. “A lavagem de mãos com água e sabão se mostra mais imprescindível do que apenas o álcool em gel, que deve ser usado quando a pessoa não tiver como lavar. Além disso, é importante que os funcionários encarregados pelo manuseio dos alimentos evitem tocar no rosto e em superfícies contaminadas, e que façam uso da solução de hipoclorito para higienizar objetos e superfícies”, esclarece a gerente.

A FMS orienta ainda que a população pode acionar a Vigilância Sanitária, por meio do telefone 3215-9102, em dias úteis, das 8h às 17h, para denunciar irregularidades encontradas em estabelecimentos que comercializam ou fabricam alimentos, medicamentos, produtos de higiene pessoal, de limpeza e hospitalares.