Mesmo com a antecipação do feriado relativo ao dia do Piauí para esta sexta-feira (15), com o objetivo de manter a população em casa, Teresina registrou índice de isolamento social de 52,6%. O número é superior aos 44,7% registrados na última quinta-feira (14) e 9,4% maior que os 43,2% computados na sexta-feira da semana anterior.

Ainda que tenha havido o aumento, o percentual está abaixo dos 73% recomendados pelos órgãos de saúde para evitar uma proliferação em massa do novo coronavírus. “Os números de isolamento social das últimas semanas são baixos e insuficientes para conter o avanço da doença. Infelizmente, a cada dia, mais pessoas estão sendo acometidas pela Covid-19 na nossa cidade. Tivemos a confirmação de mais 57 casos novos de infecção e três óbitos na última sexta-feira”, lamentou o prefeito Firmino Filho.

Além do sistema da startup InLoco, que monitora a localização de 217 mil celulares na cidade, a Prefeitura de Teresina também está acompanhando o índice de isolamento social através de informações cedidas pelas operadoras de telefonia. Segundo essa base de dados, que leva em consideração o monitoramento de mais de 1,4 milhão de linhas telefônicas, 53% das pessoas ficaram em casa ontem.

De acordo com os índices medidos diariamente pela startup recifense InLocu, na sexta-feira, a região Leste ganhou destaque no isolamento, quando atingiu 53,59%. Em seguida, a zona Norte (52,82%), depois a região Sul (52,30%) e, por último, a zona Sudeste, com 50,13% das pessoas seguindo as orientações de permanecerem em casa.

Os bairros que tiveram bom desempenho foram o Ininga (62,9%), Frei Serafim (60,7%), Pedra Miúda (59,77%), Centro (59,33%) e Noivos (58,55%). Já as menores taxas foram registradas nos bairros Novo Horizonte (44,03%), Angélica (44,4%), Embrapa (44,9%), Alegre (44,95%) e Extrema (45,8%).