Segundo os dados da startup InLoco, o índice de isolamento social em Teresina do último sábado (16) chegou a 49,7%, o que configura uma queda de quase três pontos se comparado ao da sexta-feira (15), que foi de 52,6%, o maior registrado durante a semana.

O monitoramento, que é baseado e informações de localização de 217 mil aparelhos de celular na cidade, apontou também que a zona Leste apresentou melhor desempenho, com 51,2% da população ficando em casa. Em seguida, a região Norte aparece no ranking com índice 50%. As zonas Sul e Sudeste ocupam as duas últimas posições, com taxas de isolamento de 49% e 46,25%, respectivamente.

As melhores taxas de isolamento social foram registradas nos bairros Ininga (60,8%), Matinha (58,3%), Recanto das Palmeiras (57,9%), Distrito Industrial (56,9%) e São Joaquim (55,6%). Por outro lado, os bairros Parque Juliana (32,1%), Flor do Campo (37,8%), Comprida (40,3%), Vale do Gavião (40,33%) e Santo Antônio (40,5%) foram os que tiveram as menores taxas, não chegando nem mesmo ao percentual de 50%.

“É preciso que possamos melhorar os índices, principalmente nessas regiões onde as taxas ainda estão muito abaixo do que recomenda a Organização Mundial de Saúde (OMS) e demais autoridades sanitárias. Estamos nos aproximando de um cenário crítico, e é necessário que a gente possa cumprir as orientações para diminuir a propagação do vírus para salvar vidas”, reforçou o prefeito Firmino Filho.

A Prefeitura de Teresina também está acompanhando os índices de isolamento social através de informações geradas pelas operadoras de telefonia celular. Segundo essa outra base de dados, que disponibiliza informações de mais de 1 milhão de telefones, 52,7% dos teresinenses não descumpriram as regras de distanciamento e permaneceram em casa no sábado (16).

Nos dois indicadores de taxa de isolamento, a capital apresentou índices bem abaixo do percentual mínimo recomendado para diminuir a disseminação do novo coronavírus, que é de 73%. Em decorrência disso, o número de casos vem avançando na cidade. Segundo os dados do último boletim epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde (FMS) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), Teresina já soma 1.245 casos confirmados e 33 óbitos por Covid-19.