O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) divulgou nesta segunda-feira (18), levantamento que aponta uma redução nos atendimentos a vítimas de acidentes de trânsito e violência na capital, neste final de semana. A queda de 22% e 20%, respectivamente, está diretamente relacionada às medidas restritivas de isolamento social no feriadão antecipado do Dia do Piauí.

De acordo com o Setor de Estatística do HUT, entre os dias 15 e 17 de maio, foram atendidas 59 vítimas de acidentes de trânsito, sendo 53 delas com motocicletas, uma redução de 22% em relação ao final de semana anterior, que registrou 76 colisões, a maioria delas com moto.

Já sobre os dados de agressões físicas, foram atendidas 16 vítimas neste feriadão, sendo a maioria delas feridas por faca.  Houve uma redução de 20% em comparação ao mesmo período da semana anterior, que registrou 20 pessoas alvo desse tipo de violência em Teresina.

Para o diretor geral do HUT, Rodrigo Martins, os números mostram que manter o isolamento na capital e antecipar feriados têm surtido efeito positivo na queda dos atendimentos no hospital.

“Há uma relação clara que mostra que, quanto mais a população fica em casa, menos teremos registros de acidentes e violência. Apesar disso, enfrentamos um grande desafio, já que além de receber essas vítimas, precisamos ter leitos disponíveis para receber pacientes com Covid-19. O cenário ainda é preocupante”, avalia Rodrigo.

Neste domingo (17), Teresina bateu um novo recorde com seis mortes em apenas 24 horas. Vale lembrar que cerca de 65% dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) sediados na capital e destinados para tratamento de pacientes diagnosticados com o novo Coronavírus estão ocupados.