O Banco Popular de Teresina (BP), órgão ligado à Secretaria Municipal de Economia Solidária (Semest), após as novas medidas adotadas para apoiar os empreendedores que tiveram seus negócios afetados pelo novo Coronavírus, já atendeu, do dia 13 até esta terça-feira (19), 226 empreendimentos e liberou o valor de R$ 756.200,00.

Neste período, o Banco aumentou o prazo de carência para pagamento da primeira parcela dos financiamentos de microcrédito, que passou de 45 para 120 dias. O número de parcelas em que se pode dividir o empréstimo também foi ampliado, agora são 12 meses ao invés de 10.

“A pandemia e o isolamento social afetaram o lucro de nossos microempresários, que agora terão dificuldade de pagar as parcelas dos seus empréstimos. Então, estamos oferecendo mais flexibilidade acerca dos pagamentos dos contratos”, afirma Michel Sena, gerente do BP.

Os microempreendedores com contrato ativo no Banco que estejam adimplentes até o mês de fevereiro de 2020 também terão a opção de remanejar as parcelas de março, abril e maio para o final do contrato, sem nenhuma alteração no valor.

O Banco oferece ainda mais uma opção de pagamento dos contratos ativos. O microempreendedor pode pegar o saldo devedor e refinanciar o valor, sendo que esse novo financiamento contará com 60 dias de carência para começar a pagar e poderá ser dividido em até 12 vezes.

Os empreendedores interessados em solicitar o empréstimo devem entrar efetuar o cadastro pelo site http://meubancopopular.org/.  Para mais informações, podem ligar para o telefone 99480-0501.