A taxa de isolamento social em Teresina voltou a cair nessa segunda-feira. Segundo os dados da startup InLOco, que monitora cerca de 217 mil aparelhos celulares da capital, apenas 44,6% das pessoas seguiram as recomendações de permanecerem em casa, nessa segunda-feira. O número é bem abaixo dos 59,6% registrados no último domingo, quando o Governo do Estado determinou medidas mais duras em relação ao isolamento social.

O número também é inferior aos 46,6% registrados na segunda-feira da semana anterior e bem abaixo dos 73% recomendados pelas organizações de saúde para evitar uma proliferação em massa do novo coronavírus. Ainda de acordo com os dados, as zonas de Teresina que apresentam as maiores taxas de isolamento são Leste (45,21%) e Centro-Norte (44,81%). Já com os níveis mais baixos estão as zonas Sul (43,81%) e Sudeste (42,88%).

As melhores taxas de isolamento social foram registradas nos bairros Ininga (55,73%), Matinha (53,30%), Vila São Francisco (51,20%), Alto Alegre (50,05%) e Memorare (50%). No entanto, os bairros Angélica (20%), Pedra Mole (39%), Parque Juliana (39,3%), Socopo (39,85%) e Flor do Campo (39,9%) apresentaram as menores taxas.

No intuito de ampliar os índices de isolamento e evitar a propagação em massa do novo coronavírus, o prefeito Firmino Filho encaminhou um projeto de lei com pedido para que os vereadores aprovem a antecipação do feriado municipal do dia 08 de dezembro, quando se comemora o Dia de Nossa Senhora da Conceição, para a próxima sexta-feira, dia 22 de maio.

“Temos uma situação cada vez mais dura. Nosso isolamento deu certo nas primeiras semanas, mas da quarta em diante foi diminuindo. Com base nos dois indicadores de taxa de isolamento, o índice está variando em torno de 50%, ou seja, está existindo um afrouxamento do distanciamento social. A repercussão disso em Teresina já pode ser vista no aumento da quantidade de casos confirmados, leitos hospitalares ocupados e fatalidades com 40 óbitos já registrados. O isolamento é nossa melhor arma contra o coronavírus”, ressalta o prefeito Firmino Filho.

Segundo os dados do último boletim epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde (FMS) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), Teresina soma 1.327 casos confirmados e 40 óbitos pelo novo Coronavírus.