Neste domingo (24), dia em que em todo o Piauí foi decretado lockdown parcial com a permissão de funcionamento apenas para algumas atividades essências, como farmácias e hospitais, Teresina registrou índice de 56,7% de isolamento social. A marca ainda está abaixo do índice de 73% recomendado pelos órgãos de saúde para conter a disseminação do novo coronavírus.

O final de semana foi de feriado prolongado. Na sexta-feira (21), a Prefeitura de Teresina antecipou o Dia da Imaculada Conceição, como uma forma de deixar mais teresinenses em casa. No entanto, apenas 49,1% aderiram à iniciativa. No sábado o índice de isolamento ficou em 47,2%.

O monitoramento é baseado em informações de localização de 217 mil aparelhos de celular na cidade. Pelo levantamento, em geral, os moradores dos bairros da zona leste foram os que mais aderiram ao isolamento social alcançando o índice de 58,38%. Os piores índices foram registrados nos bairros da zona sudeste. 

Quando se leva em consideração os dados das operadoras de Telefonia Celular (Telecom), que monitoram cerca de 1,4 milhão de aparelhos telefônicos na capital, o índice ficou um pouco superior, chegando a 59,2% da população cumprindo as recomendações para permanecerem em casa.

Segundo dados do boletim epidemiológico do domingo, a capital alcançou 50 mortes pela Covid-19. A cidade registrou também 63 novos casos da doença, totalizando agora 1.771 casos positivos. Os números foram atualizados pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) e pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi).

“É sempre tempo de reforçar aos teresinenses sobre a necessidade de protegermos vidas aderindo às medidas de isolamento e distanciamento social. Precisamos melhorar os índices, principalmente nessas regiões onde as taxas ainda estão muito abaixo do que recomenda a Organização Mundial de Saúde (OMS) e demais autoridades sanitárias”, reforçou o prefeito Firmino Filho.