Segundo os dados da startup InLoco, o índice de isolamento social em Teresina continua caindo. Nesta terça-feira (26), a taxa registrada foi de 44%, o que configura uma queda de quase treze pontos se comparado ao do domingo (24), que foi de 56,7%, o maior registrado nos últimos dias.

Baseado em informações de localização de 217 mil aparelhos de celular na cidade, o monitoramento apontou também que a zona Leste apresentou melhor desempenho, com 44,48% da população ficando em casa. Em seguida, a região Norte aparece no ranking com índice 43,68%. As zonas Sul e Sudeste ocupam as duas últimas posições, com taxas de isolamento de 43,15% e 42,57%, respectivamente.

Os índices de isolamento social também estão sendo acompanhados pela Prefeitura de Teresina através de informações geradas pelas operadoras de telefonia celular. Segundo essa outra base de dados, que disponibiliza informações de mais de 1 milhão de telefones, 54,29% dos teresinenses não descumpriram as regras de distanciamento e permaneceram em casa.

Os números apresentados pelos dois indicadores revelam que a taxa de distanciamento na capital permanece bem abaixo do percentual mínimo recomendado para diminuir a disseminação do novo coronavírus, que é de 73%. Em decorrência disso, o número de casos vem avançando na cidade. O último boletim epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde (FMS) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), apontou que Teresina totaliza 1.890 pessoas infectadas com o novo Coronavírus e 66 mortes decorrentes da doença.