Teresina registrou 103 novos casos confirmados de Covid-19 e 9 óbitos decorrentes de complicação da doença no último sábado (06). Atualmente, o município possui um total de 126 mortes e 3.240 infectados pelo novo coronavírus. Os dados foram atualizados pelo Comitê de Operações Emergenciais em Saúde Pública (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Em relação aos 9 óbitos registrados, 8 eram do sexo masculino e seis pessoas tinham doenças crônicas, como hipertensão, diabetes, problemas cardíacos e imunodeficiência/imunodepressão. Sobre a idade dessas vítimas, o mais novo tinha 51 anos e o mais velho 101. A FMS computou ainda que 5 moravam em bairros da zona Norte, 2 na zona Leste e 2 na região Sudeste.

“Esse é um momento muito difícil que o mundo enfrenta. Além de lamentar os óbitos e estender nossa solidariedade às famílias, informamos que a Prefeitura está seguindo o plano de contingência, mas reiteramos à população que devem ser mantidos os cuidados com a higiene. Pedimos também que só saiam de casa se for estritamente necessário”, afirma o presidente da FMS, Manoel de Moura.

O gestor alertou ainda que enquanto o percentual de isolamento se mantém baixo na cidade de Teresina, os números de casos confirmados e de óbitos estão aumentando. “É preciso atingir o patamar de 73% de isolamento social, percentual recomendado pelas autoridades de saúde para diminuir a disseminação do vírus”, pontuou.

A diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba, afirma que, segundo a literatura científica mundial, é grande a quantidade de pessoas infectadas pelo novo coronavírus que não apresentam sintomas. “Mesmo assim, a pessoa está infectada e é transmissora do vírus. Por isso, é preciso considerar que todos estão infectados e adotar rigorosamente as medidas de prevenção”, disse.