Dados levantados pela startup InLoco

O índice de isolamento social em Teresina, no último domingo (07), ficou entre 51,3% e 57,89%, segundo as duas bases de dados utilizadas pela Prefeitura de Teresina, a startup InLoco e as operadoras de telefonia celular. O índice apresentou alta em relação aos dias anteriores, mas ainda está abaixo dos 73%, considerado o mínimo necessário para conter a disseminação do novo coronavírus, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

O levantamento da InLoco também mostra os índices de isoalmento social por regiões da cidade. Pelos dados, no último domingo, a população da zona Leste foi a que mais ficou em casa, com um percentual de 51,88%; seguido da região centro-norte, com 50,86%, e da zona sul, com 50,64%. Em último lugar ficou a região sudeste da cidade, com um percentual de 48,48%.

Quando analisado por bairros, os que mais respeitaram as determinações de isolamento social foram Matinha (59,80%), Nova Brasília (58,40%), Ininga (58,36%), Pedra Miúda (57,60%) e Campestre (57,23%). Na outra ponta da tabela, a população que menos ficou em casa foi a dos bairros Parque Juliana (30,80%), Comprida (38,70%), Flor do Campo (40,60%), Santos Antônio (41,95%) e Santa Rosa (44%).

Segundo dados do Painel Epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Teresina contabiliza um total de 3.309 casos de Covid-19, dos quais 69 foram registrados em apenas 24 horas, entre sábado e domingo. Além disso, nove pessoas perderam a vida neste período, pela doença, totalizando 137 óbitos na capital, desde o início da pandemia.