Dados da startup InLoco

Os índices de isolamento social em Teresina ficaram entre 41,4% e 51,71, na última segunda-feira (15), segundo as duas bases de dados utilizadas pela Prefeitura de Teresina, a startup InLoco e as operadoras de telefonia celular. O percentual continua abaixo do mínimo recomendado pela Organização Mundial de Saúde, para conter a disseminação do novo coronavírus, que é de 73%.

Os dados da InLoco mostram ainda como ficou o isolamento social por região da cidade. A que apresentou o maior índice foi a centro-norte, com 43,00%; seguida da leste, com 40,30%, e da sul, com 39,80%. Em último lugar ficou a zona sudeste, uma das mais populosas da capital, com apenas 39,58%.

Quando examinado por bairros, a população que mais respeitou o isolamento social foi a doos bairros Aeroporto (53,40%), Vila São Francisco (48,60%), Mafuá (48%), São Joaquim (47,77%) e Horto (47,18%). Na outra ponta da tabela, os bairros que menos respeitaram o isolamento social foram Parque Jacinta (26,90%), Parque Juliana (28,00%), Socopo (34,57%), Aroeiras (34,7%) e Catarina (35,60%).

Enquanto os índices de isolamento social vêm caindo em toda a cidade, o número de casos de Covid-19, tem crescido consideravalmente em Teresina, nas últimas semanas, bem como o número de pessoas que morreram em decorrência da doença. No último boletim epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde, foram contabilizados 204 novos casos de Covid-19 e 10 óbitos em 24 horas. Teresina soma 4.624 casos da doença, além de 217 mortes pelo novo coronavírus.