O índice de isolamento social em Teresina caiu significativamente nesta sexta-feira (19). É o que mostra o georreferenciamento feito pela startup Inloco, que registrou que apenas 36,5% das pessoas ficaram em casa. É um grande contraste com os números observados nos últimos sete dias, onde as taxas haviam se mantido entre 42% e 43%, com exceção do domingo (14), que marcou 53,1%. Também nesta sexta, o índice de isolamento do Brasil foi de 34,7%, número apenas um pouco menor que o de Teresina.

Os dados são da startup InLoco, que realiza o georreferenciamento smartphones em cidades de todo o território nacional monitorando a localização dos usuários quando se conectam à internet pelo celular. Os índices, tanto na capital piauiense quanto no resto do país, estão bem abaixo dos 73% recomendados pelas autoridades de saúde para evitar a proliferação da Covid-19.

O levantamento da startup também mostra o percentual de isolamento social por zonas da cidade. A região que mais respeitou as determinações para ficar em casa foi a zona leste, com um índice de 37,5%, seguida da centro-norte, com 37,07 %. Em terceiro lugar ficou a região sul, com 36,5%, e por último ficou a zona sudeste, uma das mais populosas de Teresina, com um percentual de 35,49%.

Os bairros que mais respeitaram o isolamento social em Teresina foram o Brasilar (45,93%), Jóquei (45,55%), Frei Serafim (42,7%), Distrito Industrial (42,55%) e Esplanada (42,05%). Já os bairros que apresentaram os menores percentuais foram Socopo (23,5%), Aroeiras (27,26%), Parque Juliana e Angélica (28%), Extrema (30,9%) e Vale Quem Tem (31%).

A Prefeitura também está acompanhando os índices de isolamento social através de informações geradas pelas operadoras de telefonia celular. Segundo essa base de dados, que reúne informações de mais de 1,4 milhão de linhas telefônicas, 51,9% das pessoas cumpriram as regras de distanciamento.

Teresina registrou mais 11 óbitos decorrentes de complicação da Covid-19, nesta última sexta-feira (19).  Agora, a capital possui um total de 255 mortes e 5.621 casos confirmados da doença, por meio de teste ou exame. Os dados foram atualizados pela Comitê de Operações Emergenciais (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) e estão disponíveis para consulta pública no site do Painel Covid-19.