Dados da startup InLoco

Teresina registrou, na segunda-feira (22), índices de isolamento social entre 42% e 51,54%, segundo as duas bases de dados utilizadas pela Prefeitura de Teresina para fazer este acompanhamento, a startup InLoco e as operadoras de telefonia celular. O índice ainda está abaixo dos 73% considerado o mínimo necessário, pela Organização Mundial de Saúde, para ajudar a conter a disseminação do novo coronavírus.

Os dados da startup InLoco permitem que sejam avaliados os índices de isolamento social por regiões da cidade. Na segunda-feira, a zona leste apresentou o maior percentual, chegando a 42,81%; seguida da zona centro-norte, com 42,31%, e da zona sul, com 41,51%. Em último lugar ficou a zona sudeste, com 39,70%.

Quando analisado por bairro, os que apresentaram o maior percentual de pessoas que ficaram em casa na segunda-feira foram Novo Uruguai (49,15%), Brasilar (48,05%), Primavera (46,95%), Ininga (46,76%) e Aeroporto (46,40%). Aqueles com os menores índices de isolamento social foram Angélica (27,30%), Comprida (34,80%), Parque Juliana (34,80%), Extrema (35,20%) e Novo Horizonte (36,37%).

Enquanto os índices de isolamento social estão abaixo do esperando, os casos de Covid-19 continuam crescendo em Teresina, que já registra 6.065 casos da doença. Somente na capital, 294 pessoas já morreram em decorrência do novo coronavírus, segundo dados da Fundação Municipal de Saúde.