Ascom/ SEMDUH

Há três meses a Prefeitura de Teresina realiza a sanitização de espaços públicos com grande fluxo de pessoas, seguindo o objetivo de evitar que se tornem foco de disseminação da Covid-19. Ao todo, 11.281 ações de higienização foram realizadas por equipes que percorreram agências bancárias e lotéricas, terminais de integração, grandes supermercados e locais de funcionamento essencial no período de pandemia.

“Essa é uma estratégia que vem sendo utilizada em vários países e, por aqui, iniciamos assim que surgiram os primeiros casos confirmados de Covid-19 em Teresina. Por ser uma doença facilmente transmissível por meio de superfícies sólidas, é exatamente onde atuamos fazendo a pulverização de uma solução de água com hipoclorito, utilizando bombas costais, carros pipa e fumaceiros”, explica o Secretario Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antonio Ayres.

De 30 de março a 30 de junho,  2.313 sanitizações foram realizadas em Unidades de Saúde, 2.862 em lotéricas e bancos, 593 em grandes supermercados, 1.808 em paradas abertas e integradas e 202 visitas em mercados municipais. “Outros espaços como CMEIs, campus de universidades, calçadões do Centro, aeroporto, cemitérios e rodoviária também estão recebendo as sanitizações. Quanto maior a circulação de teresinenses, maior a frequência das ações feitas por nossas equipes. Nosso trabalho ainda não terminou e segue acontecendo até que estejamos em uma situação segura para a saúde de toda a população”, conclui.

As ações de sanitização acontecem de segunda a sábado, em uma parceria da SEMDUH, Fundação Municipal de Saúde (FMS) e Águas de Teresina. Por dia, são utilizados 225 Kg de hipoclorito de sódio e 15 mil litros da solução sanitizadora.