A Fundação Municipal de Saúde (FMS) registrou a morte de 7 pessoas vítimas da Covid-19 em Teresina nas últimas 24 horas. Houve ainda mais 13 óbitos ocorridos em dias anteriores, desde o dia 22 de junho, e que só foram computados no sistema nesta terça-feira (30). Agora, o município registra o total de 389 mortes e 8.294 casos confirmados da doença.

A coordenadora da Comissão de Operações em Emergência da FMS, Wesllany Santana, explica que o Laboratório Lacen, ligado ao Governo do Estado, teve problema pontual para entregar o resultado dos exames da Covid-19 e que isso foi um dos fatores que contribuiu para acumular a quantidade de óbitos e de casos confirmados, atrasando o registro dos dados no sistema.

Em relação aos 20 óbitos registrados, 10 eram do sexo masculino e 15 tinham doenças crônicas, como hipertensão, diabetes, problemas cardíacos, pulmonares e renais. Sobre a idade dessas vítimas, o mais novo tinha 49 anos e o mais velho 84. A FMS computou ainda que 6 moravam em bairros da zona norte, 5 na zona sul, 2 na zona leste e 5 na sudeste.

O presidente da FMS, Manoel de Moura, lamentou os óbitos. “Além de estender nossa solidariedade às famílias, informamos que a Prefeitura está seguindo o plano de contingência, mas reiteramos à população que devem ser mantidos os cuidados com a higiene. Pedimos também que só saiam de casa se for estritamente necessário”.