Ascom/FMS

Há mais de um mês em funcionamento, o Hospital de Campanha Padre Pedro Balzi, administrado pela Prefeitura de Teresina, já registrou a internação de 180 pacientes com Covid-19. Desse total, 111 ficaram recuperados da doença e 42 permanecem internados no local. Houve ainda 20 pessoas que tiveram o quadro de saúde agravado, tendo sido estabilizadas e transferidas para leitos de UTI.

De acordo com a diretora geral da unidade, Gina Nogueira, recentemente a FMS instalou um tanque criogênico para armazenamento de uma maior quantidade de oxigênio para uso no hospital. “A empresa contratada para fornecer gases medicinais para Teresina estava com dificuldade para nos entregar a quantidade de cilindros de oxigênio suficiente. Mas a situação já foi resolvida com aluguel de um tanque que veio do estado do Pará”, explica.

Sediado na quadra de Badminton da UFPI, o Hospital de Campanha Padre Pedro Balzi é uma estrutura temporária. Nesse local, as vagas de leitos são reguladas e disponibilizadas, exclusivamente, para pacientes vindos de outros hospitais e UPAS de Teresina, em ambulâncias do SAMU, e que se enquadrem em casos de baixa e média complexidades da Covid-19. Se houver necessidade, são transferidos para outros locais de alta complexidade.

Gina explica que o Hospital de Campanha também oferece cuidados voltados para promoção da saúde dos trabalhadores. “O local conta com atendimento psicológico e realiza a busca ativa de profissionais de saúde com sintomas gripais. Diariamente, uma equipe pergunta aos servidores se eles sentem algum sintoma indicativo de Covid-19. Em caso positivo, eles são direcionados para atendimento no Hospital do Satélite. Os profissionais também podem procurar a direção da unidade para agendamento de consultas”.