O índice de isolamento social em Teresina ficou em 42,7%, na última segunda-feira (06), segundo dados da startup InLoco. O percentual se manteve praticamente igual ao que foi registrado na segunda-feira passada, quando 47,6% da população ficaram em casa.

Quando analisados por regiões da cidade, os dados mostram que a população da zona leste foi a que mais respeitou o isolamento social, com um percentual de 43,06%. Em seguida vem a zona sul, com 42,89%; a zona centro-norte, com 42,64%, e a zona sudeste, com 39,63%.

Os bairros em que a população mais respeitou as determinações para ficar em casa foram Cabral (52,40%), a região da Avenida Frei Serafim (50,40%), Esplanada (50,05%), Aeroporto (48,60%) e Memorare (47,70%). Por outro lado, alguns bairros da cidade apresentaram índices muito baixos, foi o caso do Parque Juliana (24,10%), Parque Jacinta (34,40%), Socopo (35,00%), Extrema (36,90%) e Angélica (37,50%).

A Prefeitura de Teresina também está acompanhando os índices de isolamento social através de informações geradas pelas operadoras de telefonia celular. Segundo essa base de dados, que reúne informações de mais de 1,4 milhão de linhas telefônicas, 50,3% das pessoas cumpriram as regras de distanciamento na segunda-feira.

A Prefeitura de Teresina tem endurecido as medidas de isolamento social durante o final de semana, restringindo o funcionamento de algumas atividades, para ter uma alta nos índices de isolamento social. Os resultados foram positivos e, no domingo, os índices subiram para 56,5%. No entanto, é necessário que haja maior empenho da população, já que o percentual mínimo recomendado pela Organização Mundial de Saúde é de 73%.