Teresina registrou mais 256 novos casos e 11 óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo dados divulgados, nesta quarta-feira (15), pelo Comitê de Operações Emergenciais em Saúde Pública (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), a capital contabiliza 12.890 casos confirmados e 567 óbitos pelo novo coronavírus. O número de pessoas recuperadas chegou a 2.617.

Entre os óbitos confirmados, seis eram do sexo feminino e cinco masculino. Apenas um paciente não apresentava comorbidades. Os demais tinham doenças cardiovasculares, obesidade, asma, Alzheimer e hipertensão. Os pacientes tinham entre 28 e 95 anos. As vítimas residiam nos bairros: Matadouro, Vermelha, Parque Ideal, Mocambinho, Vale quem tem, Povoado Santa Teresa, Aeroporto, Vila Nova, Dirceu II, Porta da Alegria, Parque Alvorada.

A Prefeitura de Teresina tem trabalhado para melhorar a assistência aos pacientes diagnosticados com a Covid-19. Para atender casos graves da doença, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) recebeu 50 máscaras de mergulho adaptadas para tratamento de pacientes com coronavirus. Os equipamentos serão utilizados em pacientes com dificuldade respiratória e ajudam a evitar o invasivo procedimento de intubação, além de reduzir o risco de propagação do coronavírus pelo ar. As máscaras estarão disponíveis no HUT, hospitais de campanha e UPAS.

O diretor geral do HUT, Rodrigo Martins, explica que esses equipamentos são seguros, eficazes e tem apresentado bons resultados em outras capitais brasileiras. “A nossa gerência de fisioterapia solicitou a doação das máscaras e o pedido foi prontamente atendido pelo projeto Motirõ, que reúne engenheiros e profissionais de saúde. É mais um recurso no enfrentamento contra o Coronavírus, sem custos, que também vai ajudar pacientes de outros hospitais da Prefeitura”.