Ascom/FMS

Nesta sexta-feira (17), a sanfoneira Anayane Maris, que venceu a batalha contra a Covid-19, animou os pacientes diagnosticados com a doença internados no Hospital da Santa Maria da Codipi, na zona Norte. Acompanhada de profissionais da saúde, ela percorreu as enfermarias da unidade e, juntos, seguindo os protocolos de segurança, eles levaram um momento de descontração, com mensagens e músicas.

Anayane integra a banda As Fulô do Sertão e conta que o objetivo da sua visita ao Hospital foi alegrar a vida dos pacientes. “Já tive Covid-19 e a minha família também. Sabemos o quanto é difícil estar internado e ficar isolado em ambiente hospitalar. Por isso, resolvemos trazer muita música e animação para os pacientes e para esses profissionais maravilhosos”, informou.

“Xô, Covid” foi uma das músicas acrescentadas ao repertório pela aposentada Maria Suely, de 68 anos, diagnosticada com a doença. “Gostei dessa ação social para nos alegrar. O atendimento aqui é nota 10, não me faltou nada, toda a equipe é legal e o medicamento é dado na hora certa. Espero que não precisem, mas se precisarem, esse hospital é ótimo para fazer tratamento contra o vírus”, disse.

A diretora geral do Hospital, Ana Cléia, avalia a importância de realizar atividades como essa. “O nosso hospital vem se destacando pela humanização do atendimento. Nós desenvolvemos com frequência ações dessa natureza, pois sabemos que isso traz vários benefícios: promove bem estar, alivia o estresse da internação e torna as pessoas mais receptivas ao tratamento”, afirmou.

O Hospital Mariano Castelo Branco, localizado no bairro Santa Maria da Codipi, é administrado pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) e funciona 24 horas para atendimento de casos de urgência. O local conta com 20 leitos de observação para casos de Covid-19 e 12 leitos de internação para atender outras demandas de saúde. Há oferta de exames laboratoriais, de imagem e eletrocardiograma.