A partir de hoje (20), dando continuidade às fases de retomada das atividades econômicas em Teresina, estão autorizados funcionar os setores de concessionárias, vendas de peças e automotivo, utilizando o sistema de delivery ou drive-thru. Com isso, a Prefeitura de Teresina conclui a segunda etapa da Fase 1 do processo de reabertura econômica da cidade.

Segundo o prefeito Firmino Filho, é importante que a população siga todos os protocolos e medidas de segurança nesse processo. “Estamos avançando na reabertura da cidade e precisamos ter consciência sobre o compromisso de cada um para que Teresina não sofra uma nova onda de contaminação pelo vírus. Portanto, todas as medidas de higiene e de proteção como uso de máscaras, ficar em casa sempre que possível e utilizar esses serviços apenas quando necessário, além de seguir as medidas de isolamento social, são estritamente necessárias para que possamos avançar e não retroceder nas fases de abertura da cidade”, alertou.

Os setores que estão autorizados a funcionar devem obedecer aos protocolos de segurança, com redução de trabalhadores, carga horária reduzida, uso da máscara e testagem dos funcionários, além de outras regras presentes nos protocolos voltadas tanto para trabalhadores, como para os clientes.

“A reabertura não significa dizer que a Prefeitura de Teresina está “liberando geral”. Estamos fazendo esse processo de forma planejada, lenta e gradual, e tudo está sendo estudado para que a vida das pessoas não seja colocada em risco. O vírus ainda existe, não temos vacina e as medidas de prevenção precisam ser respeitadas. Estamos voltando aos poucos as atividades e sabemos que precisaremos conviver ainda por muito tempo com o risco da doença. Desse modo, precisamos estar unidos nessa batalha pela vida”, acrescentou.

A Vigilância Sanitária de Teresina orienta como protocolos básicos de proteção a serem adotados caso seja necessário utilizar alguns dos serviços que estão em funcionamento evitar cumprimentar as pessoas com apertos de mãos, abraços, beijos ou outro tipo de contato físico; evitar tocar a boca, nariz e rosto com as mãos; ficar em casa sempre que possível e utilizar os serviços online e delivery.

“Além disso, é importante planejar as atividades antes de sair de casa; sempre ficar a uma distância mínima de dois metros de qualquer pessoa dentro da empresa; realizar a higienização das mãos ao entrar e sair de estabelecimentos, ao acessar balcões de atendimento e “caixas”; evitar conversar, manusear telefone; ao realizar as compras, reduzir o manuseio de produtos e realizar pagamentos de preferência por meios eletrônicos”, destaca a gerente da Vigilância Sanitária de Teresina, Jeanyne Seba.