Na segunda semana de restrição de circulação de veículos no centro da cidade, os agentes de trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) seguem coordenando as operações no local. Desde o dia 13 de julho apenas veículos permitidos pelo Decreto 19.908 têm acesso ao perímetro das ruas Desembargador Freitas, Paissandu, David Caldas e Avenida Maranhão. O isolamento da área tem ajudado a conter aglomerações e evitar contaminação pela Covid-19 na cidade.

O gerente de operação e fiscalização da Strans, Denis Lima, pontua que desde o início das interdições os resultados têm sido positivos. “Já estamos na segunda semana de restrições e sentimos que os condutores têm se adaptado. As aglomerações no perímetro tiveram uma diminuição em torno de 90% e esperamos manter essa média até a retomada gradual das atividades na área isolada”, explica.

Os agentes da Strans estão acompanhando as interdições e fazem a fiscalização dessas vias das 6h às 18h, de segunda a sábado. Os condutores de veículos que desobedecerem às normas estarão passíveis de autuação por infração grave, com aplicação de multa no valor de R$ 195,23, além de cinco pontos no prontuário da CNH do condutor.

O supervisor dos agentes, Ricardo Braga, pede a colaboração dos condutores para que sigam as recomendações. “Mesmo com o saldo positivo, ainda temos condutores que têm desrespeitado as recomendações. Já tivemos casos de motoristas transitando na contramão, ultrapassagem de bloqueios viários e desobediência às ordens dos nossos agentes. Por isso, solicitamos que a população colabore e se desloque à área central somente em casos essenciais”, enfatiza.

Os veículos sem permissão para circular no perímetro isolado podem optar pelas vias paralelas ou próximas às interdições. Quem deseja ter acesso à Ponte da Amizade, as rotas pelas ruas Paissandu, Riachuelo e Senador Teodoro Pacheco permanecem normais. O decreto não aplica restrições à circulação de veículos por essas vias.