Nesta última quinta-feira (23) Teresina registrou o segundo melhor índice de isolamento social entre as capitais do país, com 42,20% da população obedecendo as orientações de permanecer em casa. A capital ficou atrás apenas de Rio Branco (AC), que apresentou índice de 42,93%.

Os dados são computados pela startup Inloco, que realiza o georreferenciamento de smartphones monitorando a localização dos usuários quando se conectam à internet pelo celular. A startup também registra os índices nas zonas da cidade. Na quinta-feira a região que apresentou melhor nível foi a Centro/Norte, com 43,44%, seguida da região Leste, com 42,58%, e Sul com 41,40. Mais uma vez, a região que apresentou pior índice foi a Sudeste, com apenas 39,72% da população em casa.

Vale ressaltar que a partir desta sexta-feira (24) voltam a valer as medidas restritivas de funcionamento das atividades econômicas nos finais de semana, implementadas pela Prefeitura com o objetivo de aumentar os índices de isolamento social durante o processo de retomada da economia na cidade.

Na próxima segunda-feira (27) tem início a primeira etapa da Fase 2 da retomada das atividades econômicas, quando estarão permitidos o funcionamento do comércio atacadista e varejista de itens não essenciais, pet shop, agências de viagens, serviços administrativos, de edifícios, missas, serviços religiosos e espaços abertos de parques, reservas naturais e zoológico. Atividades físicas em espaços abertos também serão permitidas.

COVID-19 em Teresina

De acordo com os dados do Painel Epidemiológico, atualizado diariamente pelo Comitê de Operações Emergenciais em Saúde Pública (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Teresina registrou na última quinta-feira (23) 324 novos casos de Covid-19 e 15 óbitos pela doença. A capital conta agora com 14.920 casos registrados, 3.054 recuperados e 649 mortes pelo novo coronavírus.