O índice de isolamento social de Teresina na última terça-feira (08) foi de 35%. É o que revelam os dados colhidos pela startup Inloco, que realiza diariamente o georreferenciamento de smartphones em cidades de todo o território nacional, monitorando a localização dos usuários quando se conectam à internet pelo celular.

Em comparação com a terça-feira da semana anterior (01), que registrou índice de 37%, houve queda de 2% no isolamento social. No ranking das capitais do Brasil, Teresina ocupou o 17º lugar. O Piauí, com 36,29%, ocupou o 5º lugar entre os estados.

As melhores taxas de isolamento foram registradas nos bairros Angélica (55,00%), Frei Serafim (46,40%), Cabral (44,70%), Brasilar (43,35%) e Matinha (40,90%). Em contrapartida, os bairros Jacinta Andrade (27,00%), Jóquei (28,50%), São Sebastião (29,25%), Portal da Alegria (29,40%) e Morada do Sol (29,80%) apresentaram os piores índices.

Covid-19 em Teresina

O Centro de Operações em Emergências (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) registrou um óbito decorrente de complicações da Covid-19 em Teresina nesta terça-feira (08). Houve ainda 291 novos casos confirmados da doença. No total, a capital registra atualmente 943 mortes, 27.199 pessoas infectadas pelo novo coronavírus e 12.524 curadas.