Teresina registrou isolamento social de 43,9%, no feriado de Nossa Senhora Aparecida, na segunda-feira (12), uma alta de 7,5%, em relação ao mesmo dia da semana passada. Com isso, a cidade ocupou a oitava posição entre as capitais do país, segundo levantamento da startup InLoco.

Os dados também mostram o desempenho por regiões da cidade. Na segunda-feira, o melhor índice de isolamento social foi registrado na zona Sul, com 44,98%; seguida da zona Centro-Norte, com 43,89%; da zona Sudeste, com 42,6%, e da zona Leste, com 42,31%.

Quando analisados por bairros, os dados mostram que quem mais respeitou as determinações para ficar em casa foi a população dos bairros Basilar (59,3%), Jóquei (55,3%), Aeroporto (54,10), Parque Piauí (52,40%) e Gurupi (51,53%). Na outra ponta da tabela, quem menos respeitou o isolamento social foram os moradores da região da Frei Serafim (28,30%) e dos bairros Alegre (33,65%), Vale do Gavião (33,65%), Bom Princípio (33,70%) e Árvores Verdes (35,33%).

Mesmo com a reabertura das atividades econômicas e sociais em Teresina, é necessário que a população continue saindo de casa apenas em casos de extrema necessidade, já que o vírus continua circulando na capital.

Segundo dados da Fundação Municipal de Saúde (FMS), nesta segunda-feira foram registradas mais duas mortes por Covid-19 e 112 novos caos da doença. Desde o início da pandemia, no mês de março, até agora, a capital piauiense contabiliza o total de 1.056 óbitos, 34.715 infectados pelo novo Coronavírus e 14.697 recuperados.