Teresina registrou 113 novos casos e cinco mortes causadas pelo novo coronavírus na terça-feira (17). Os dados são do Painel Epidemiológico Covid-19, atualizado diariamente pela Fundação Municipal de Saúde (FMS). Agora, a capital contabiliza 40.702 casos e 1.142 mortes desde o início da pandemia, no mês de março.

Os novos óbitos datam de segunda-feira (16), domingo (15) e do dia 13 de novembro. Apenas um paciente não apresentava comorbidades; os demais eram portadores de doenças como diabetes, doenças cardiovasculares e pulmonares. Foram três homens e duas mulheres, com idades entre 52 e 87 anos e moradores das zonas Norte, Leste e Sul.

A FMS registra ainda 16.305 pessoas recuperadas no mesmo período, entre altas hospitalares e pacientes que fizeram o tratamento em casa.

Diante da tendência de queda dos atendimentos relacionados à Covid-19 em Teresina, o prefeito Firmino Filho reforçou mais uma vez que não há necessidade de impor novas restrições às atividades econômicas. “Verificamos a redução nos números e o processo de flexibilização das atividades continuam seu curso natural. Se esse cenário mudar, a população será a primeira a saber. Continuamos monitorando com responsabilidade e equilíbrio a situação. Esse foi e continuará sendo nosso diferencial no enfrentamento a essa doença”, declarou.

Firmino Filho cita os dados do painel epidemiológico da FMS, que apontam que há duas semanas a média móvel de óbitos por Covid-19 na cidade era de 2,43 por dia. “Atualmente, essa média está em 1,86 óbitos por dia. Durante o pico da doença, início de julho, esse indicador ultrapassou os 14 óbitos por dia”, informou o prefeito de Teresina.