A Galeria de Artes Visuais do Mercado Velho abre espaço para a exposição “Na folha, na terra, tem erê, tem anciã”, a partir das 09 horas deste sábado (19).

As obras das artistas Jamm e Línea trazem o tema da ancestralidade. A exposição tem curadoria e mediação da artista Mika, que tem como pesquisa a memória familiar e estudos sobre gênero e afrobrasilidade.

Por conta da pandemia do novo Coronavírus, a exposição não terá como de costume a abertura oficial. De acordo com o coordenador de artes visuais da Fundação Monsenhor Chaves, Guga Carvalho,  serão permitidos cinco visitantes dentro do espaço, seguindo todas as recomendações necessárias.

“A exposição terá o público fragmentado. Estamos voltando com todos os cuidados cabíveis diante a pandemia, tanto que será permitida a permanência no local por no máximo 20 minutos, para que haja rotatividade”, afirmou.

“Na folha, na terra, tem erê, tem anciã” é uma produção do Coletivo Latinas, com design do estúdio Zuli e fica exposta até o dia 03 de fevereiro de 2021. O espaço é mantido pela Prefeitura de Teresina, por meio da FMC, e tem abrigado e dado oportunidade para artistas da capital piauiense e região exporem seus trabalhos. Fica aberto de segunda à sexta, de 09h às 17h e aos sábados, de 09 às 13h.