A Prefeitura de Teresina estuda um plano de ação para as aulas da Rede Municipal de Ensino em 2021. Além da possibilidade de retomada das aulas para parte dos alunos no formato presencial, o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, pretende ajustar o modelo remoto.

A proposta de ensino híbrido que foi discutida entre o Secretário e o prefeito Dr. Pessoa será levada para o Conselho Municipal de Educação. Se aprovada pelo colegiado e pelas autoridades sanitárias, o novo ano letivo terá início dia 18 de fevereiro, com estratégias que mesclam aulas presenciais e não presenciais. As famílias poderão optar pelo formato de ensino que mais se adeque a sua realidade no momento. “Estamos tomando todas as providências necessárias. No momento, trabalhamos para encerrar o ano letivo de 2020, até o dia 3 de fevereiro.”, disse Nouga.

Durante o mês de janeiro, o secretário estará ouvindo professores, diretores e as famílias sobre as principais dificuldades encontradas nas atividades remotas. A ideia é melhorar as estratégias para que um maior número de alunos tenha acesso às aulas por meio das plataformas digitais. “Iniciamos uma busca ativa, ouvindo os profissionais e famílias, no sentido de minimizar os prejuízos educacionais gerados com a pandemia”, completou.

Concurso Público

O secretário Nouga Cardoso também confirmou a intenção do prefeito Dr. Pessoa na realização de concursos públicos para professores da Rede Municipal. Segundo ele, o prefeito pretende consolidar o modelo de trabalho na educação municipal.

“Falamos em uma reestruturação dos recursos humanos, para manter uma memória institucional e os saberes não serem perdidos. O Dr. Pessoa pretende ampliar o número de professores, possibilitando, assim, crescer também no atendimento à população”, finaliza Nouga.