Firmino de Sousa Monteiro, 107 anos, recebeu a dose da vacina/ Foto: Ascom FMS

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina iniciou hoje, 09, a vacinação contra a Covid-19 nos idosos com 90 anos ou mais. Existem quatro pontos em diferentes zonas da cidade para a vacinação drive-thru das pessoas nesta faixa etária. A FMS está com logística pronta junto às Unidades Básicas de Saúde para vacinar aqueles idosos que não podem ir de carro aos postos de vacinação.

Os pontos estão localizados em quatro faculdades da capital. Na zona Norte, é a Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Campus Pirajá; na zona Leste, é no Centro Universitário Uninovafapi; na zona Sul, o ponto é o Centro Universitário Santo Agostinho; e na zona Sudeste, a faculdade Estácio. “Aqueles que chegam a pé também estão sendo vacinados. Mas nosso foco é a vacinação dentro dos veículos. Os idosos acamados que possuem cadastro junto às equipes Estratégia Saúde da Família receberão sua dose em casa. Para isso, os agentes comunitários de saúde fizeram um cadastro prévio para controle desta população”, esclarece Gilberto Albuquerque, presidente da FMS.

Firmino de Sousa Monteiro, de 107 anos, foi um dos que receberam a dose da vacina hoje. “Muito bom poder trazer ele para esse momento. Nos preocupamos em ele poder adoecer e agora temos essa esperança de que ele estará protegido da doença”, diz Juliana, cuidadora do idoso.  Os pontos de vacinação drive-thru  estarão abertos nos horários de 9h às 17h. Para garantir sua dose, é preciso que o idoso apresente um documento de identificação com foto e a data de nascimento para a comprovação da idade, CPF ou Cartão SUS.

“Estou muito feliz em receber a vacina”, diz dona Erodita Cardoso, de 92 anos, que também foi vacinada hoje contra a Covid-19. A meta é que 2.460 idosos com mais de 90 anos sejam vacinados nesta etapa da campanha. Para isso, a FMS recebeu mais 4.670 doses da vacina Coronavac, produzida pelo instituto Butantan. “Paralelo a isso, estamos dando continuidade à vacinação dos profissionais de saúde de Teresina”, informa Gilberto Albuquerque. Ele ressalta que Teresina conta atualmente com 36 mil profissionais de saúde atuando na rede pública e particular, dos quais cerca de 20 mil já foram vacinados.