Higienizar as mãos é um ato simples e que diminui, consideravelmente, o risco de transmissão de infecções que podem ser prevenidas.  Este é o principal objetivo do Dia de Higienização das Mãos comemorado mundialmente no dia 5 de maio e lembrado nesta semana no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Este ano a campanha contou com o apoio dos membros da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), Núcleo de Segurança do Paciente (NSP), direção e lideranças do hospital que realizaram ações interativas educativas de Higienização das Mãos e a conscientização do não uso de adornos (brincos, colares, aliança, relógio, dentre outros) visando à redução de infecções no ambiente hospitalar.

A campanha está dividida em três momentos: a primeira conta com uma live no instagram do HUT (@HospitalDeUrgenciaDeTeresina) e uma palestra sobre higiene das mãos para prevenir infecções associadas ao implante e manejo de cateteres.

No segundo foi realizado nas dependências do Hospital uma ação teatral onde uma personagem vestida de Carmem Miranda (reconhecida pelo visual extravagante chapéus enfeitados, brincos e colares) chama atenção para higienizar as mãos e a importância do adorno zero naqueles ambientes. Já no terceiro momento foi criado um concurso no aplicativo Tiktok onde os colaboradores criem vídeos com a temática onde os vídeos mais criativos serão premiados.

Beatriz Carvalho, coordenadora interina do NSP, pontua que “em nossa rotina hospitalar, eventos como este é de suma importância para reforçar as etapas corretas da higienização das mãos e garantir ainda mais a segurança do colaborador e, consequentemente, do nosso paciente, uma assistência limpa é uma assistência mais segura, declarou.

Para a enfermeira Tagora Lago da CCIH, “a higienização das mãos é considerada a medida mais simples, efetiva e de melhor custo-benefício na prevenção das Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde”.

É fundamental que os profissionais de saúde estejam atentos e sensibilizados para a importância da higiene das mãos e eliminar os adornos como medida básica para a prevenção de infecções, e as equipes da CCIH e NSP estão de parabéns pela forma leve e diferente de abordar temas tão importantes para o nosso Hospital”. Pontuou o diretor geral do HUT, Fábio Marcos de Sousa.

O Dia Mundial de Higiene das Mãos foi instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e a campanha deste ano tem como objetivo estimular a melhoria das práticas de higiene das mãos especialmente nas unidades cirúrgicas e de terapias intensivas visando à prevenção das Infecções para a segurança do paciente.

O Dia Mundial de Higiene das Mãos foi instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS). foto: Ascom (HUT)