A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), realizou na manhã desta segunda-feira, (17/05), no Palácio da Música, Centro de Teresina, uma homenagem aos assistentes sociais do município.

A ação faz parte da programação de atividades em alusão ao dia 15 de maio, dia do/a assistente social. Dentre as ações, haverá a entrega do selo “assistente social: resistências e presença”, nesta sexta-feira, (21/05), às 9h, na Câmara Municipal de Teresina (CMT).

De acordo com Doutor Pessoa, prefeito de Teresina, a data é um marco para reconhecer o trabalho, o empenho e a dedicação que os/as assistentes sociais têm prestado junto ao munícipio para as pessoas mais vulneráveis.

“Primeiramente, quero parabenizar as assistentes sociais e a secretária Eliana Lago, pelo trabalho realizado em Teresina, inclusive, para aqueles profissionais que não estão nesta solenidade. No Brasil, o seguimento que é a alma e o corpo são as assistentes sociais, principalmente, diante da situação caótica que nos encontramos, de vulnerabilidade econômica causada pelo coronavírus. O cuidar das pessoas, dos mais vulneráveis, dos mais excluídos, se faz necessário, mais do que nunca. Meu coração é voltado para as questões sociais, tanto no meu plano de governo, quanto na assistência social”, ressalta.

Eliana Lago, secretária da Semcaspi, esclarece que a assistência social é um trabalho regido pela política do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), com legislações que refletem o bem estar e devem ser cumpridas.

“É um orgulho muito grande estar representando a Semcaspi! Eu me sinto, exatamente, onde deveria estar. Eu gostaria de deixar claro, que a assistência social é regulamentada e embasada em legislações, que refletem o bem estar social e devem ser cumpridas. Nós sabemos que os assistentes sociais não estão somente nos espaços públicos, ele está nas comunidades, nas empresas, planejando ações, atuando como docente, na pesquisa. Temos que alavancar a assistência social no lugar que é dela de direito. Eu parabenizo os milhares de assistentes sociais, não só do município, mas todos aqueles que estão atuando, dando o melhor de si, em prol das pessoas em situação de vulnerabilidade social”, destacou.

Maria Valdeníria da Silva, presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, ressaltou que a categoria dos assistentes sociais cresceu bastante e merece respeito diante de seus trabalhos e lutas.

“Nós, da assistência social, somos de luta e resistência. Dentre as várias políticas que executamos com qualidade, precisamos lutar para garantir as condições de trabalho digna, seja na saúde, educação. Estamos em todos os espaços sejam públicos e privados e para que consigamos executar e atender o nosso público, que são a população em situação de vulnerabilidade social, é preciso valorizar este profissional de garra”, pontuou.

VACINA CONTRA COVID-19

Dentre as demandas dos profissionais da assistência social e que Eliana Lago, secretária da Semcaspi, tem dado apoio é a vacinação contra a Covid-19, principalmente, por atuarem, diretamente, no enfrentamento da pandemia, em contato com a população que está em situação de vulnerabilidade social.

O Projeto de Lei de autoria do vereador Luís André, que inclui os profissionais de assistência social como grupo prioritário, foi aprovado no dia 24 de março de 2021, por unanimidade na Câmara Municipal de Teresina (CMT).