O segundo dia do I Fórum das Capitais, promovido pela Associação Nacional de Secretários e Dirigentes de Turismo (ANSEDITUR), aconteceu na manhã desta terça-feira (01), no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.

As palestras contemplaram: procedimentos para certificação de municípios na Organização Mundial do Turismo; experiências turísticas do município de Mata de São João, na Bahia, apresentado por Alexandre Rossi, Secretário de Turismo do município; proposta de qualificação de gestores; apresentação do “case” Brasília, feita pela Secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça; apresentação do Plano Estratégico da ANSEDITUR; e a criação do Grupo Técnico de Planejamento, proposta pelo secretário da SEMDEC, Marcelo Eulálio, que também é Vice-Presidente da ANSEDITUR, para o Nordeste.

Em sua exposição, o secretário disse que os indicadores de turismo são fundamentais como instrumento de pesquisa, planejamento e monitoramento dos avanços conquistados.

“O setor do Turismo tem perspectivas de crescimento expressivo nos próximos meses, com impacto também expressivo do PIB”, disse Marcelo Eulálio a uma plateia de 53 secretários e dirigentes de Turismo de todos os estados brasileiros. “Teresina sugeriu à ANSEDITUR a formação de um grupo técnico, com a participação do maior número de municípios associados, com a função básica de colher indicadores que representem simplificação, quantificação e comunicação dos procedimentos”, completou o secretário.

À tarde, o evento prosseguiu na sede da EMBRATUR, com a presença do presidente Carlos Brito, continuando com palestras sobre Gestão Corporativa e Marketing, Inteligência e Comunicação, promovidas por diretores técnicos do órgão federal.