Os arquitetos do Programa Lagoas do Norte, Nélcia Beatriz e Sebastião Ferraz, apresentaram à diretoria dos Conselhos de Arquitetura e Urbanismo do Piauí e Pernambuco a região em que o programa está realizando obras e também os locais onde serão implementados os novos projetos. A ideia é estabelecer uma parceria para a ampliação do atendimento à população no acesso à moradia digna.

Segundo a arquiteta do PLN, Nélcia Beatriz, “a iniciativa tem como motivação principal a garantia de saneamento às famílias, principalmente com a construção de banheiros nas residências, considerando a situação de vulnerabilidade delas”.

Em visita à região, o presidente do CAU-PI, Wellington Camarço, o vice Anderson Mourão, e o presidente do CAU-PE, Rafael Amaral, conheceram a realidade das construções, a situação das lagoas e do sistema de drenagem, que tem a função primordial de evitar enchentes. Foram apresentados os projetos para as lagoas do São Joaquim, Mazerine, Piçarreira e Oleiros, as estruturas já existentes que contribuem para a drenagem das águas da chuva e o que está sendo projetado para esta segunda fase do programa.

“O conselho faz questão de participar, agora de maneira proativa com esse novo modo de ver porque para nós o cidadão vem em primeiro lugar”, afirmou Wellington Camarço.

O presidente do CAU-PE, Rafael Amaral, destacou a importância da experiência. “Hoje foi uma missão no sentido de conhecer boas práticas que se fazem no Piauí e foi muito gratificante. Acho que essa aproximação que o Wellington vem fazendo com a Prefeitura e os órgãos de controle trazem bons frutos para as pessoas. Estamos aqui para agregar e trazer bons resultados para quem mais precisa”, disse.

Os arquitetos do Programa Lagoas do Norte apresentaram à diretoria dos Conselhos de Arquitetura e Urbanismo do Piauí e Pernambuco a região em que o programa está realizando obras Fotos (Ascom/Lagoas do Norte)