O Programa Cidade Olímpica Educacional, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (Semec), tem ajudado alunos da Rede Municipal a alcançar grandes feitos nacionais. Três equipes do COE foram classificadas para a segunda etapa da Olimpíada Brasileira de Satélites, uma delas com o primeiro lugar nacional.

As equipes agora trabalham em projetos práticos, sob orientação do professor Edwar Davila Montenegro. Enquanto um grupo projeta um Picosatélite para estudar o clima espacial, outra pesquisa como o uso de Cubsat’s interferômetros e inteligência artificial podem ajudar na vigilância contra incêndios florestais e desmatamento ilegal. A terceira equipe analisa, ainda, a dinâmica atmosférica por meio de um CanSat.

Os encontros do professor com os alunos acontecem aos sábados, de forma online. Até a construção dos protótipos é por meio da plataforma virtual. “Com a aprovação na primeira fase, cada grupo ganhou um kit educacional com recursos para construir os satélites. Mesmo online estamos trabalhando esses assuntos e construindo na prática”, disse o professor Edwar.

Na próxima sexta-feira (09), as equipes classificadas de Teresina participam de uma live com o presidente da Agência Espacial Brasileira, Carlos Augusto Teixeira. Os alunos compartilharão suas experiências na competição e as perspectivas para o futuro.