Os serviços da atenção básica em Teresina desenvolvidos pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) na Unidade Básica de Saúde João Cirilo, no povoado Boa Hora, zona rural, receberam três menções honrosas e um prêmio na última sexta-feira, 16, em Brasília. São trabalhos reconhecidos como de excelência pela iniciativa “APS Forte no SUS – no combate à pandemia de Covid-19”. O Prêmio APS Forte 2020 teve 1.670 experiências inscritas por profissionais do SUS de todo o Brasil.

Uma das menções honrosas foi com o trabalho de cobertura vacinal de rotina em tempos de Covid-19 na zona rural de Teresina, desenvolvido pela enfermeira Lívia Maria Mello Viana com outros profissionais. “Durante a pandemia, vacinamos pacientes de todas as idades. Nós conseguimos durante o ano realizar a média de 280 vacinas por mês na UBS João Cirilo, na Boa Hora”, explica a enfermeira Lívia Viana. Esse trabalho teve como participantes Lívia Maria Mello Viana (Enfermeira), Maria Laura Monteiro Tajra Castelo Branco (Médica), Antônia Zenaide Sales (Técnica de Enfermagem), e os agentes comunitários de saúde: Antônia Carla de Araújo da Costa, Antônio Alves de Oliveira, Jéssica Francisca de Sousa Andrade, Luzinete Alves dos Santos Costa Maria de Fátima de Sousa Lima.

A vacinação de rotina é um serviço de saúde essencial e a manutenção das coberturas vacinais preconizadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) deve estar entre as prioridades das autoridades de saúde pública. “Junto a essa estratégia permanente, associamos ações de educação em saúde e solicitamos aos agentes de saúde que buscassem as crianças menores de 1 ano com vacinas atrasadas em casa”, explica a enfermeira Lívia Viana.

Outra menção honrosa foi com o trabalho sobre a organização dos serviços de APS para garantir o acesso e o cuidado continuado das pessoas que já são acompanhadas pelas equipes, como usuários com doenças crônicas, idosos e gestantes, e das demais situações e agravos. Também recebeu menção honrosa o trabalho realizado de acompanhamento remoto de contatos intradomiciliares de portadores de covid-19 na zona rural de Teresina. Também recebeu menção honrosa o trabalho desenvolvido pela equipe da UBS Boa Hora sobre a ampliação do acesso ao pré-natal em tempos de covid-19, na zona rural de Teresina.

Para a diretora de Atenção Básica da FMS, Laurimary Caminha, as premiações mostram que uma equipe motivada pode fazer a diferença na vida da comunidade. Teresina conta com 92 Unidades Básicas de Saúde –UBS o que garante a cobertura de 100% da população com relação aos serviços de atenção básica.