A Secretaria Municipal de Educação (Semec) já anunciou que vai retomar em agosto parte das aulas presenciais, mas esse formato não será implementado de início. A volta às aulas na Rede Municipal, marcada para esta quarta-feira (04), ainda será 100% de forma remota, com atividades transmitidas pela TV e nas plataformas online.

Somente nas semanas seguintes, grupos de alunos começam a se revezar para frequentar as escolas presencialmente. A outra metade continua em casa. De acordo com a Semec, o novo formato vai contemplar inicialmente alunos do 1º, 2º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental.

Durante o período que vai do início das aulas remotas até a chegada do primeiro grupo de estudantes presencialmente, as escolas passam por um processo de organização total. Os professores estarão reunidos para decidir quais adequações são necessárias de acordo com cada realidade. “Os pais também poderão visitar as unidades de ensino para conferir as intervenções e optar pelo formato de aula que os filhos participarão”, declarou o secretário municipal de Ensino da Semec, Kleytton dos Santos.

As unidades de ensino seguirão as diretrizes elaboradas pela Semec e aprovadas pelos órgãos de saúde sanitária. Além de materiais como dispensers de álcool 70%, tapetes sanitizantes e equipamentos de proteção de individual, as equipes escolares estão organizando formas de receber bem os alunos.

“Preparamos as salas de aula para que fiquem bastante arejadas, com distanciamento entre as carteiras e um pequeno número de alunos realmente na escola. Não abriremos mão da segurança, mas é imprescindível minimizar os prejuízos educacionais causados por tanto tempo fisicamente longe da escola”, finaliza a diretora Dilza Soares, da Escola Municipal Padre Ângello Imperialli.