A comunidade do Povoado Campestre Norte está ansiosa para conferir por dentro a nova estrutura do Centro Municipal de Educação Infantil – CMEI Santa Teresinha. É que por fora o prédio já está completamente diferente de qualquer outra escola da região.

A reforma foi planejada pela arquiteta Eugênia Portela, da Secretaria Municipal de Educação (Semec), como uma proposta mais moderna e otimizada nas unidades de Educação Infantil. “Esse é um projeto piloto que pode ser replicado em outros centros de ensino que permitam essa diversidade de projeto, já que os CMEIs do Governo Federal possuem estruturas padrão”, explica a arquiteta.

Foto: Ascom Semec

O CMEI Santa Teresinha atende principalmente filhos de trabalhadoras que atuam no corte de cana da região. Com a ampliação, passou a ter cinco salas de aula climatizadas, com a possibilidade de implementação de duas turmas de berçário. O pátio está maior, com mais um bloco em telhado metálico e uma subestação de energia própria.

O prédio ganhou pintura nova e uma faixada totalmente modificada, com um revestimento mais moderno e lúdico. De acordo com a Semec, o investimento foi de aproximadamente R$ 1 milhão e o modelo permite uma construção mais rápida.

“Tenho ótimas expectativas, porque acredito que a mudança na infraestrutura vai melhor o atendimento às crianças”, disse a diretora Aline Alves, que acaba de assumir a gestão do CMEI. “Vamos dar continuidade ao trabalho de qualidade”, anunciou Aline.

Foto: Ascom Semec