Começaram nesta semana as aulas de judô do Projeto Superação, uma parceria da Secretaria Municipal de Educação (Semec) com a Associação de Judô Expedito Falcão. Oito unidades de ensino da Rede Municipal serão núcleos para a prática gratuita da modalidade, priorizando os alunos, mas abrindo espaço também para crianças da comunidade.

Nesta quarta-feira (18), os alunos participaram da primeira aula na Escola Municipal Moaci Madeira Campos, no bairro Buenos Aires. A escola recebeu 100 inscrições, formando quatro turmas com crianças de idades variadas, para treinos nos turnos manhã e tarde.

De acordo com o professor de judô Igor Silva, o esporte contribui com a socialização das crianças.

“O judô ensina a ter disciplina e traz benefícios para a saúde. Nesse atual contexto, onde as crianças passaram muito tempo em casa, é ainda mais essencial para a interação. Vamos trabalhar com crianças de todas as classes sociais, culturas e religiões, dentro de uma escola pública, oportunidade para que vivenciem experiências diversas e aprendam a se respeitar. No tatame não existem diferenças”, explica o judoca.

E foi para ajudar com o comportamento do Kayron Gildson, aluno do 4º ano da E. M. Moaci Madeira Campos, que a família apostou no judô. A tia Marissa é quem leva o menino para a aula e vai acompanhar de perto o desempenho na modalidade. “Ele precisava de uma atividade extra, algo que discipline e dê foco, está animado com as aulas de judô esse ano”, declara a tia.