A FM Cultura de Teresina será reinaugurada nesta sexta-feira (3), em uma nova sede, após o local passar por uma ampla reforma. A obra contou com um investimento de R$ 179.521,74 com recursos próprios do município e levou para a nova sede, estúdios com proteção acústica, sistema de som e câmeras. Além disso, foram feitas as instalações hidráulicas e elétricas, com iluminação, rede de internet e ar-condicionado. Após mais de 20 anos de existência, essa é a maior reestruturação física e tecnológica que a rádio recebe. A nova sede fica localizada no Edifício Saraiva Center/Centro, na rua Firmino Pires, 379, Sala 327.

Transmitida na frequência 107,9 Mhz, a emissora trará uma grade de programação com novidades primando pela qualidade nos programas e grade musical. A rádio terá também o cuidado de manter seus ouvintes interessados no que oferecem com uma programação múltipla com programas musicais, entrevistas, entretenimento e conteúdos informativos.

A rádio também homenageou com os nomes de salas jornalistas que se destacaram na área no Piauí. O estúdio recebeu vai se chamar Deoclécio Dantas, um dos grandes nomes da cobertura política piauiense. O outro estúdio ganha o nome de Carlos Augusto de Araújo Lima, conhecido pela lucidez em seus comentários. Já a redação deve receber o nome de Egídio Bráulio Brito, um jovem profissional, conhecido pelo amor e dedicação ao jornalismo.

Para o secretário de Comunicação, Lucas Pereira, a nova proposta da rádio é fazer com que os ouvintes fiquem cada vez mais informados sobre os projetos desenvolvidos pela prefeitura e que beneficiam diretamente a população. “Não se trata só de uma mudança de sede. A rádio FM Cultura está de cara nova. Com novos apresentadores, nova marca visual, tudo para aproximar o ouvinte ainda mais das políticas públicas, com uma pegada muito diferente. Teremos programas para todos os públicos”, afirmou o secretário.

Segundo o diretor da FM Cultura, Márcio Vasconcelos, a rádio pretende vir com inovações e com uma grade diversificada para atender sempre aos interesses dos ouvintes. “Sabemos que os estilos e os formatos mais populares são fundamentais para criar uma programação atraente e sempre atualizada. Para manter os ouvintes interessados em seu conteúdo, entendemos a importância de sempre inovar e trazer as principais novidades do mercado para a grade. E isso pode ser esperado nesse novo momento da rádio FM Cultura de Teresina, mas sempre mantendo-se fiel ao estilo e personalidade da rádio”, disse.