Dando continuidade ao trabalho de conscientização da população sobre o descarte irregular de lixo, as equipes de Coordenação de Limpeza Pública da SEMDUH estão, hoje (15), no bairro Santa Cruz, zona sul de Teresina. Esta é a terceira zona da cidade onde está sendo realizado esse projeto.

O mesmo trabalho já foi realizado no bairro Mocambinho, zona norte, e no bairro Beira Rio, zona sudeste. Os resultados são considerados bastante positivos, reduzindo o acúmulo de lixo nas ruas.

“Nos locais onde estamos realizando essa ação, temos obtido bons resultados. A população está mais consciente, a quantidade de pontos de descarte irregular diminuiu e nós vamos continuar com esse trabalho, atrelando ele a outras ações, como o plantio de árvores e flores em alguns desses locais mais críticos”, afirma o coordenador de limpeza pública da SEMDUH, Fabrício Amaral.

(Foto: Ascom/Semduh)

O objetivo desse trabalho é reduzir os ‘lixões a céu aberto’, provocados pela própria população, que usa as vias públicas e os terrenos ainda não murados para o descarte de todo tipo de resíduos. A SEMDUH mapeou alguns pontos “viciados” de descarte incorreto de lixo e é nesses locais onde os serviços de conscientização estão acontecendo.

Os serviços incluem limpeza dos pontos críticos, panfletagem, sensibilização de casa em casa, carro de som com informes e a instalação de uma placa indicando que é proibido jogar lixo no local.

(Foto: Ascom/Semduh)

Além de causar prejuízos à saúde pública aumentando a proliferação de mosquitos, jogar lixo em local proibido também entope as galerias e provoca alagamentos durante as chuvas. A primeira região contemplada com esta ação de conscientização foi o Bairro Beira Rio, na zona sudeste, e o segundo no Mocambinho, na zona norte.

Nesses locais, foram instaladas placas indicando a proibição do descarte de lixo e as equipes de limpeza vão de porta em porta nas residências próximas para conversar com os munícipes e explicar sobre os prejuízos.

(Foto: Ascom/Semduh)

As ações das equipes de limpeza estão acontecendo semanalmente, intercalando todas as zonas da cidade (norte, sul, sudeste, leste e centro). E todos os meses serão listadas novas áreas no cronograma, para que possamos chegar ao maior número de pessoas possível.

(Foto: Ascom/Semduh)

(Foto: Ascom/Semduh)