A Secretaria Municipal de Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), por meio da Gerência de Políticas Integradas, realizou na manhã desta terça-feira, (26), uma ação de saúde e estética para as servidoras, em alusão ao Outubro Rosa.

A ação teve como objetivo conscientizar as servidoras da Semcaspi, sobre a prevenção do câncer de mama. Foram realizados serviços de auriculoterapia, pela Fundação Municipal de Saúde, e orientações sobre saúde menstrual e saúde da mulher, pela ONG Plan International. Além de promover dicas de cuidados com a pele, por consultora da empresa Mary Kay.

De acordo com Karol Pinheiro, Gerente de Políticas Integradas, a ação visa ressaltar a importância da conscientização à prevenção do câncer de mama.

“Sabemos que outubro é mês em que essa temática é melhor abordada. Então, nós achamos por bem fazer esse momento para as servidores da Semcaspi, que tem um número grandioso de mulheres”, ressaltou.

Para Samantha Leal, Chefe de Gabinete da Semcaspi, a ação é essencial para que as mulheres possam se valorizar e se sentirem seguras.

“Nós mulheres passamos no nosso dia-a-dia por várias dificuldades, principalmente, a violência, o descaso, a falta de respeito. Então, ter esse momento de acolhimento, de cuidado com nós mesmas, deixa a gente mais segura, mais feliz. Conseguimos nos amar mais e entender a nossa importância no mundo e na sociedade”, destacou.

Para Ivali Rodrigues, auxiliar administrativa da Assessoria Técnica Especializada, é importante tirar dúvidas em relação ao câncer de mama e agradece o cuidado que a Semcaspi está tendo com seus servidores.

“Temos dúvidas a respeito do câncer de mama. Como fazer o autoexame e também é um cuidado que a Semcaspi está fazendo com seus servidores. As pessoas se sentem bem cuidadas, amparadas pela Semcaspi. O trabalho aqui está sendo muito importante, porque está explicando para a gente, todas as nossas dúvidas”, finalizou.

RODA DE CONVERSA

Durante a roda de conversa que aconteceu no auditório da Semcaspi, a doutora Adriana Napoleão, voluntária da Fundação Maria Carvalho Santos, explicou que o câncer de mama pode acometer todas as mulheres, independente de classe social, e ressaltou a importância do autoexame.

“A maior importância da campanha Outubro Rosa é levar informação para as mulheres, pois o diagnóstico precoce aumenta as chances de cura. É importante que a mulher se conheça, que faça o autoexame e que procure um médico caso ela perceba algum sinal estranho. A mulher acima dos 50 anos deve fazer a mamografia todos os anos, pois o câncer pode aparecer de um tamanho que pode não ser palpável.”, enfatizou.