Equipes de fiscalização da SAAD Sudeste estão em trabalho de conscientização Fotos(Ascom/SAAD Sudeste)

O acúmulo de lixo tem sido uma preocupação constante da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste. Pensando nisso, a Gerência de Fiscalização entregou, na manhã de hoje (24), um comunicado aos donos de trailers localizados na Praça dos Correios, visando coibir o descarte irregular de lixo.

Mesmo com a limpeza da praça sendo feita três vezes por semana, o descarte de lixo nas imediações do local continua sendo um problema diário, gerando incômodo a moradores e transeuntes. O lixo colocado em local irregular também leva ao aumento de insetos e outros animais, além do mau cheiro e doenças.

Para o superintendente da SAAD Sudeste, Zé Nito, o problema é a falta de consciência. “Estamos disponibilizando equipes que poderiam estar em outras partes da região para a Praça dos Correios quase diariamente porque o problema da falta de consciência é enorme. A SAAD recolhe e poucas horas depois já está lotado de lixo nas calçadas de novo. A praça é de todos e deve ser cuidada por todos”, diz.

Muitos permissionários concordam com a ação para coibir os que sujam a praça, como é o caso da Vanda da Cunha. “Estou aqui há 21 anos e de 2015 para cá o número de trailers aumentou junto com a quantidade de lixo. A maioria colabora e descarta de maneira correta, mas alguns colocam o lixo na calçada, assim como muitos moradores aqui da região, que jogam todo tipo de lixo”.

O gerente de Fiscalização, Marcelo Vasconcelos, informa que a equipe está em constante vigilância. “Já constatamos que os responsáveis pelo lixo são os vizinhos do local e proprietários de trailers e empresas das imediações. Os infratores que forem identificados serão advertidos e até multados se reincidirem”, explica.

Quem flagrar pessoas colocando lixo em locais irregulares pode denunciar pessoalmente na SAAD Sudeste, através dos telefones (86) 3215-7855/ (86) 3215-7556, ou por meio do aplicativo AmiTeresina, onde você pode colocar fotos da denúncia.