O serviço funciona 24 horas, realizando em média 350 sessões por mês Fotos(Ascom/HUT)

Visando sempre a melhoria contínua no atendimento de saúde da rede municipal, o setor de Hemodiálise do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) é referência atendendo pacientes de toda a rede que necessitam de tratamento renal agudo, além de usuários crônicos que dialisam em outras clínicas e sofrem complicações que necessitam de intervenções médicas.

O serviço funciona 24 horas, realizando em média 350 sessões por mês, com um espaço adaptado, sistema de tratamento e distribuição de água para hemodiálise (STDAH), com capacidade para a realização de até três sessões simultâneas e uma equipe multidisciplinar composta por médicos nefrologistas, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Por dia, cerca de 14 pacientes oriundos do SUS realizam tratamento dialítico na maior urgência pública do Estado. Além de sala própria, o HUT disponibiliza equipamentos e equipes para a realização de hemodiálise nas unidades de terapia intensiva (UTIs) e semi intensiva.

Dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia indicam que mais de 20 mil pacientes precisam de hemodiálise a cada ano no país, que é uma terapia renal substitutiva no qual uma máquina externa substitui o papel dos rins quando o órgão exerce menos de 10% da sua função, explicou a coordenadora do Serviço de Hemodiálise, enfermeira Remédios Coutinho.

Segundo o diretor geral do HUT, Fábio Marcos de Sousa, a principal missão de todos que trabalham na instituição é garantir que o paciente seja bem tratado e acolhido. “Sabemos do sofrimento que essas pessoas passam por causa da situação social, do tratamento e da doença em si. Por isso, buscamos oferecer o que há de melhor e proporcionar o máximo de bem-estar a esses pacientes”, disse.

O setor de Hemodiálise do HUT já realizou mais de 23 mil sessões, desde 2015, fortalecendo o complexo hospitalar como referência em urgência e emergência para Teresina e região.