Teresina está alcançando a meta de ter toda a sua população vacinada com pelo menos a primeira dose da vacina contra a covid-19. É o que mostram os dados mais recentes da Fundação Municipal de Saúde (FMS) que até a data de ontem (05) contabilizou 99,2% de pessoas dentro do público alvo que já receberam a primeira dose do imunizante, e 87,39% que já completaram seu esquema vacinal.

O presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, Gilberto Albuquerque, agradece a população de Teresina que procurou se vacinar. “Estamos felizes ao atingir essa marca, queremos parabenizar a todos que procuraram os postos de vacinação e as equipes que trabalham nessa atividade. Continuamos trabalhando com afinco para conseguirmos vacinar todos os teresinenses que estão na faixa etária determinada pelo Ministério da Saúde”, diz.

Os dados também mostram que, mesmo durante a época de Natal e Ano Novo, o teresinense não descuidou da vacinação contra a covid-19. Entre os dias 20 a 30 de dezembro, a FMS registrou um total de 58.105 doses aplicadas do imunizante. Os dados englobam tanto a imunização por agendamento quanto nos postos drive thru, em paciente de todas as etapas e públicos da campanha. “Foram 28.774 doses aplicadas na semana que antecedeu o Natal e 29.331 na semana do ano novo, dados positivos principalmente ao levar em consideração que se trata de uma época em que as muitas pessoas viajam”, comenta Emanuelle Dias, coordenadora da campanha de vacinação da FMS.

Toda semana, a FMS está divulgando novas estratégias para levar a vacina a toda a população. As ações seguem esta semana, com a disponibilização de mais quatro pontos de drive thru até sexta-feira (07). São eles: Terminais de Integração do Parque Piauí (zona Sul), Livramento (zona Sudeste), Buenos Aires (zona Norte) e Terminal Zoobotânico (zona Leste), no horário das 9h às 17h.

Os drives estão ofertando a 1ª dose (12 anos ou mais); 2ª dose da vacina da Pfizer (intervalo mínimo de 3 semanas entre as doses 1 e 2); Coronavac e Astrazeneca (intervalo mínimo de 4 semanas entre as doses 1 e 2), além da dose de reforço para população em geral acima dos 18 anos (respeitando intervalo mínimo de 4 meses após a 2ª dose).

Foto: Ascom FMS