O presidente da Empresa Teresinense de Processamento de Dados (PRODATER), Jobson Filho, participou na manhã desta segunda-feira (17) do encerramento do Projeto do Observatório do Transporte. O encontro aconteceu no Palácio da Cidade, e contou com a presença do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, do vice-prefeito, Robert Rios, além dos secretários das pastas municipais da SEMPLAM, STRANS e de representantes da União Europeia, da Agência Francesa de Desenvolvimento – AFD, da Despacio e do Consórcio Systra/Unifor.

Foto: Ascom Prodater

Na reunião, foram apresentados os resultados, estratégia de escalabilidade e ações de comunicação. O projeto busca desenvolver soluções para melhorar a gestão do transporte público na cidade, através do uso de tecnologia Blockchain/Inovação aberta.

“Estamos gratos por esse projeto e pelas conclusões positivas que tivemos dele. A Prefeitura tem gratidão aos parceiros, como a União Europeia e Agência Francesa de Desenvolvimento, por esse trabalho conjunto para melhorar Teresina e trazer mais transparência e eficiência aos serviços públicos relacionados ao transporte”, pontua o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa.

O projeto é um financiamento da União Europeia, através do programa EuroClima+, com aporte de 500 mil euros. O Observatório passou por um período de diagnóstico onde foram analisadas estratégias de desenvolvimento urbanos voltados para o transporte coletivo que atendam toda população teresinense, detectando os principais problemas. Após essa etapa, o trabalho feito pela prefeitura foi de buscar unir e praticidade no desenvolvimento das soluções de mobilidade.

“É de fundamental importância esse tipo de projeto para nossa cidade, população teresinense tem muito a ganhar com essa parceria. Será mais um aliado ao transporte público essa tecnologia que está sendo implantada. A União Européia entrou com aporte de 500 mil euros que irá beneficiar a capital”, disse o presidente da PRODATER, Jobson Filho.