A Fundação Wall Ferraz (FWF) realizou na manhã desta quarta-feira (26), a primeira ação cidadania do ano de 2022. O evento aconteceu na Sociedade Espírita João Nunes Maia, bairro Santo Antônio (zona sul), no turno da manhã, das 8h às 12h, e foram atendidas cerca de 270 pessoas.

A Sociedade Espírita João Nunes Maia acolhe cerca de 3.000 famílias que fazem parte da comunidade, onde 80% são catadores de lixo do aterro sanitário de Teresina. A instituição tem trabalho social na comunidade carente no entorno do aterro sanitário, tais como psicólogos, assistentes sociais, dentistas, fonoaudiólogos e  neurologista.

“A Fundação Wall Ferraz além da missão de levar e executar a estratégia de qualificação profissional pra população de Teresina, também viabiliza momentos de cidadania, lazer e construção social nas comunidades”, disse Pedro Ferreira, superintendente executivo da FWF.

“Muito grata e feliz por esse evento, quero agradecer o apoio e parceria da Prefeitura de Teresina, e da Fundação Wall Ferraz ”, disse Roberta Rodrigues, assistente social da Instituição.

Todos os cursos e serviços ofertados pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos e garantem capacitação e serviços de qualidade aos teresinenses, principalmente jovens e adultos de baixa renda, fomentando a inclusão socioprodutiva, geração de renda e melhoria de qualidade de vida.